.

  • Dificuldade em colaboração: De uma forma ou de outra, após o grupo parar de excursionar, cada um dos integrantes começou a seguir comportamentos autônomos: enquanto McCartney via interesse no estilo pop e nas tendências da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos, Lennon tendia à música introspectiva e experimental, enquanto Harrison, por sua vez, estava cada vez mais entusiasmado com a música indiana. [145 ] [148 ] [149 ] Por conseguinte, Paul começou a assumir o papel de líder dos projetos artísticos dos Beatles. [150 ] Além de cada membro ter começado a desenvolver uma agenda cujos eventos exigiam cada vez mais individualidade – o que acabou comprometendo o grau de entusiasmo em conjunto.

    Outro fator que contribuiu para a fragilidade da banda foi a evidente falta de acordo já existente na época de produção do "Álbum Branco". [151 ] O ano de 1966 é visto como aquele em que a banda assumiu sua nova atuação, que seria mantida até a separação do grupo, em 1970. [98 ] Nessa época, o mundo já não era mais o mesmo e os Beatles fizeram parte dessa mudança.

    Entre os acontecimentos mais destacados, estão a recepção dos anglicanos frente ao Papa em Roma, a liderança de Martin Luther King na marcha pelos direitos civis nos Estados Unidos, e o bombardeio da Força Aérea Americana em Hanói, capital do Vietnam do Norte. [98 ] Pelo outro lado do planeta, a ciência se desenvolvia na chegada da espaçonave soviética a Vênus (primeira nave terrestre a pousar noutro planeta) e, na China, a proclamação da "Revolução Cultural", que promoveu expurgos e perseguiu intelectuais. [98 ]

  • ↑ Spitz (2005), p.

    619

  • ↑ «Em 20/08/1969: Os quatro Beatles se encontram em estúdio pela última vez».

    Consultado em 14 de março de 2019

  • ↑ «Neil Aspinall, 'the fifth Beatle', dies aged 66». Consultado em 8 de março de 2019 Linha do tempo
  • ↑ Coleman (1984), p. 212
  • ↑ Lewisohn (1996), p
    .

    69

  • ↑ The Beatles Anthology DVD (2003) (Episódio 7 - 0:10:33) Harrison fala sobre o mantra.
  • ↑ a b c Copping, Audrey. «Curiosidades sobre Strawberry Fields (Forever)». Consultado em 16 de agosto de 2008. Arquivado do original em 28 de março de 2008
  • ↑ «Best-selling group».

    Guinness World Records (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019

  • Humilhação nas Filipinas e prêmios na Inglaterra: Embora as Filipinas estivessem sob a ditadura de Ferdinando Marcos, na capital Manilha os Beatles foram recepcionados por cinquenta mil fãs que se aglomeraram no aeroporto.

    A polícia filipina os separaram de Epstein e apreendeu sua bagagem, que continha maconha: isto provocou problemas com as autoridades locais. [98 ] Epstein controlou a situação e, no dia seguinte, deram dois concertos no estádio superlotado Rizal Memorial Football Stadium. Após as apresentações, a primeira-dama Imelda Marcos organizou uma recepção no palácio presidencial para trezentos filhos de oficiais da alta patente do exército daquele país e gostaria de apresentá-los ao grupo.

    [100 ] O não comparecimento à recepção promoveu consequências inesquecíveis. No dia seguinte, jornais filipinos traziam manchetes com expressões do tipo "Imelda plantada" ( The Manila Times), destacando que os Beatles haviam esnobado a primeira-dama. [101 ] Por causa desses acontecimentos, Epstein tentou esclarecer o mal-entendido numa coletiva, mas a transmissão sofreu interrupções técnicas.

    Starr lembraria anos mais tarde que o tratamento dos empregados no hotel tornaram-se mais frios depois do ocorrido e que havia ameaças de bombardeios onde os Beatles estavam hospedados. [101 ] O grupo foi abordado pelo responsável do Escritório de Rendas Internas que disse que os Beatles não deixariam o país até pagarem os impostos que não haviam dado desde a chegada; Epstein pagou dezoito mil dólares. [101 ] Os quatro membros fizeram a pé a caminhada até o avião e aproximadamente trezentos pessoas aguardavam a banda no aeroporto; na despedida, foram cuspidos, empurrados e agredidos; a renda que conseguiram nos dois concertos foi confiscada; após quarenta minutos de confusão, decolaram.

    [102 ] Em inglês

  • ↑ MacDonald (2005), p. 219
  • ↑ a b c Johnston, Alex
    . «Why did Paul McCartney dislike Allen Klein? - Quora». Consultado em 13 de março de 2019
  • Yoko Ono: Lennon estava em um frágil estado de espírito após o regresso da banda a partir de suas estadias na Índia, no início de 1968. Ficou ressentido e desiludido com o fato do Maharishi não ter preenchido suas expectativas.

    Lennon começou a desenvolver um imenso interesse por uma artista nipo-americana, Yoko Ono, que se reuniu com o músico britânico em uma de suas exposições em 1966. Tiveram uma relação platônica até a primavera de 1968. Enquanto a esposa de Lennon, Cynthia, estava de férias, ele e Yoko lançaram uma fita que mais tarde seria lançada como a famosa (e polêmica) "Unfinished Music No. Até esse momento, os dois não estavam completamente entretidos entre si, pois o acordo da banda era que suas namoradas ou esposas não interferissem nos estúdios. Contudo, como a produção artística de Lennon cresceu sob influência de Yoko Ono, cada vez mais ele quis que ela entrasse nos processos de produção dos Beatles e, consecutivamente, ela passou a frequentar os estúdios de gravação.

    [152 ] Frequentemente, Ono comentava e dava sugestões no estúdio de gravação, o que parece ter aumentado as confusões entre ela e os três companheiros de Lennon. [153 ]

  • ↑ https://diariodosbeatles.

    Com/2014/08/livro-conta-historia-inicial-dos.

  • ↑ EMI anuncia lançamento da discografia dos Beatles em vinil
  • ↑ a b c Essinger, Silvio (30 de janeiro de 2019).

    «Há 50 anos, os Beatles faziam seu último show num terraço em Londres; relembre». Consultado em 14 de março de 2019

  • ↑ a b The Beatles' partnership was legally dissolved in 1975 bbc. Uk Acessado em 26 January 2007 Amostra de " Norwegian Wood (This Bird Has Flown)" do álbum " Rubber Soul" (1965). Com a utilização de uma sitar nessa música a banda "começa a expandir os parâmetros convencionais dos instrumentos de um grupo de rock".

  • ↑ « "Devo muito a 'Sgt. Pepper's'", diz Sérgio Dias, dos Mutantes». Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ MacDonald, Ian (2005). Revolution in the Head:The Beatles' Records and the Sixties (2ª Edição Revisada).

    853

  • ↑ «Free As A Bird». Consultado em 15 de março de 2019
  • ↑ Spitz (2005), pp.

    414

  • ↑ Santa Fé, Dilson (29 de novembro de 2016). «História Hoje: Morte do ex-Beatle George Harrison completa 15 anos».

    Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Sounes, Howard, Down the Highway: The Life of Bob Dylan (Doubleday 2001; ISBN 0-552-99929-6) p203
  • ↑ «The Beatles on Vee Jay Records». Consultado em 19 de agosto de 2006
  • ↑ «Revista Rolling Stone Brasil, edição 50».

    Consultado em 21 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 19 de dezembro de 2013

  • ↑ «Ringo Starr».

    Consultado em 14 de março de 2019

  • ↑ everyHit.
  • ↑ Gould, Jonathan (2007).

    Can't Buy Me Love: The Beatles, Britain and America.

  • ↑ Kennedy, Philip (julho de 2016). «Illustrated Psychedelia: Klaus Voormann & The Beatles' Revolver - Illustration Chronicles». Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ Mark Lewisohn: Beatles Recording Sessions, Gardners Books, 2005
  • ↑ " The Rolling Stone 500 Greatest Songs of All Time".

    «Entrevista com Paul McCartney». Consultado em 8 de março de 2008

  • ↑ Beatles HomePage Curiosidades dos Beatles.

  • ↑ O'Brien (2001), p. 22
  • ↑ Sarris, Andrew (2004). "A Hard Day's Night", in Elizabeth Thomson, David Gutman: The Lennon Companion.
  • ↑ a b Fernando Figueiredo Mello (15 de maio de 2016).

    «George Harrison lança "All Those Years Ago" no Reino Unido». Consultado em 15 de março de 2019

  • ↑ «The Beatles - I Feel Fine». Consultado em 13 de março de 2019 Elvis Presley desaprovou o ativismo antiguerra e a legalização das drogas que os Beatles vinham afirmando e mais tarde pediu ao então presidente Richard Nixon que ele proibisse a entrada dos quatro membros nos Estados Unidos. [107 ] Peter Guralnick escreve que "Os Beatles, segundo Elvis, […] eram antiamericanos.

    Eles vinham para os Estados Unidos, faziam fortuna, e voltavam para a Inglaterra. E diziam coisas antiamericanas quando se encontravam por lá. " [108 ] Guralnick adiciona: "Elvis acreditava que os Beatles lançaram bases para muitos dos problemas que estávamos tendo com os jovens e suas aparências imundas, bases essas encontradas na música sugestiva deles que ao mesmo tempo divertia o país durante o início dos anos 1960 e meados.

    " [109 ] Apesar das observações de Presley, em geral os Beatles o admiravam; Lennon, por exemplo, tinha sentimentos positivos para com ele: "Antes de Elvis, nada existia

    . " [110 ] Em contraste, o renomado cantor folk Bob Dylan reconhecia a contribuição dos Beatles, e afirmou: "A América deve construir estátuas dos Beatles. Eles ajudaram a trazer de volta o orgulho do país.

    " [111 ] 1966–69: Anos de estúdio, espiritualidade e psicodelia Revolver, Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band e Magical Mystery Tour

  • ↑ Hall of Fame Arquivado em 13 de outubro de 2008, no Wayback Machine. Acesso: Janeiro 29 2007 Em março de 1970, a sessão de fitas de "Get Back" foram entregues ao produtor americano Phil Spector, que tinha produzido o compacto solo de Lennon – "Instant Karma!".

    McCartney anunciou publicamente a dissolução em 10 de abril de 1970, uma semana antes do lançamento de seu primeiro álbum solo, McCartney. [138 ] As cópias de pré-lançamento incluíram um comunicado à imprensa na qual McCartney realizava uma entrevista consigo mesmo, explicando o fim dos Beatles e suas esperanças para o futuro. [139 ] Em 8 de maio de 1970, o álbum resultante da edição de "Get Back" produzida por Spector foi lançado com o título Let It Be, seguido pelo documentário de mesmo nome.

    Legalmente, a parceria dos Beatles não foi dissolvida até 1975, [140 ] embora Paul tenha apresentado uma ação para a dissolução em 31 de dezembro de 1970, efetivamente terminando a carreira em conjunto da banda. [141 ]

  • ↑ Lentz, Guilherme: " A Primeira visita aos EUA Arquivado em 9 de fevereiro de 2009, no Wayback Machine. Arquivado em 29 de julho de 2008, no Wayback Machine. Acessado em: 10 de agosto de 2008.

  • ↑ «Ze King and I: John Lennon and Elvis Presley» (em English). Consultado em 21 de abril de 2008 !CS1 manut: Língua não reconhecida ( link)
  • ↑ Para todas as informações dessa sub-seção, utilizou-se unicamente as seguintes fontes: Rommel, Celso. " De Leonardo Da Vinci aos Quatro de Liverpool Arquivado em 17 de maio de 2008, no Wayback Machine. Beatles Brasil Arquivado em 13 de setembro de 2008, no Wayback Machine.

    Acesso: 17 de agosto de 2008 - Almeida, Luís Pinheiro de; Charles Paul. " Os Beatles fizeram primeiro… Arquivado em 18 de janeiro de 2008, no Wayback Machine.

  • ↑ a b c Sem, Autor. Consultado em 16 de agosto de 2008. Arquivado do original em 29 de agosto de 2008
  • ↑ Kehoe, Lucy (30 de outubro de 2018).

    « 'El Beatle' | How George Best Became Known as the Fifth Beatle». George Best Hotel (em inglês). Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ (em inglês) De Blackjacks à Beatles: Como Ocorreu a Evolução Arquivado em 6 de dezembro de 2006, no Wayback Machine.

  • ↑ a b Almeida, José Carlos (24 de outubro de 2011). «O surpreendente pioneirismo visionário dos Beatles».

    Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Nagado, Alexandre (17 de abril de 2003). «DVD box: The Beatles Anthology».

    Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Davies (1985), p. 178
  • ↑ Hunter-Tilney, Ludovic (3 de agosto de 2017)
    . «Há 50 anos, canções pop fracassam na tentativa de unir o mundo». Consultado em 8 de março de 2019
  • Lista de recordistas de vendas de discos no Brasil Bibliografia Em português
  • ↑ «The Beatles - Beatles For Sale». Consultado em 13 de março de 2019
  • ↑ Machado, Felipe (11 de dezembro de 2006). «Os Top 10 Discos Solo dos Beatles». Consultado em 14 de março de 2019
  • Situação empresarial: Outra coisa que agravou a situação da banda foi o fato de que, sem Epstein, eles procuraram empresários para geri-la, mas a tentativa desses empresários de estabelecer um controle sobre a banda The Beatles falhou. Mesmo antes disso, houve confusão entre os integrantes, pois não conseguiram entrar em acordo na escolha de um novo empresário.

    [132 ]

  • ↑ Ian MacDonald : Revolution in the Head,PIMLICO,2005
  • ↑ MacDonald (2005), p. 259
  • ↑ «The Beatles - Love Songs».

    Consultado em 15 de março de 2019

  • ↑ Spitz (2005), p. 642 Prédio da Apple Records na 3 Savile Row, lugar do famoso Rooftop Concert, feito no telhado deste prédio: foi a última apresentação do quarteto tocando junto, em 30 de janeiro de 1969, em Londres. Segundo o articulista Luís Pinheiro de Almeida, a letra de " Yesterday" foi escrita em Portugal, dentro de um carro, numa trajetória entre Lisboa e Faro.

    [190 ] "Sempre detestei perder tempo e a viagem era muito longa", relatou Paul McCartney sobre a inspiração para a letra. [190 ] Paul escreveu outras canções em território português. Em 1968, por exemplo, produziu "Penina", em Algarve, quando estava de férias com Linda McCartney no sul do país.

    [211 ] A letra foi entregue para o grupo português Jotta Herre

    . [211 ] Embora Paul tenha afirmado que não gravaria "Penina", ela aparece gravada pelos Beatles no álbum pirata Unheard Melodies, The Songs The Beatles Gave Away, junto com a versão dos Jotta Herre e de Carlos Mendes. [211 ] Angola
  • ↑ Magical Mystery Tour Acessado: 2 Julho 2007
  • ↑ G1.

    « "THE CAVERN CLUB", ONDE OS BEATLES ESTREARAM, CELEBRA 50 ANOS». Consultado em 8 de março de 2008

  • ↑ « "Doze grandes musicas de George Harrison pós-Beatles». Consultado em 27 de fevereiro de 2014
  • ↑ a b c «Discoteca Beatle: Please Please Me».

    Consultado em 8 de junho de 2008. Arquivado do original em 19 de junho de 2008

  • ↑ a b c Teran, Claudio.

    Discografia Americana Comentada.

    Consultado em 10 de agosto de 2008. Arquivado do original em 5 de fevereiro de 2008

  • Ricardo Pugialli (2008).

    ISBN 9788500019913

  • ↑ Lewisohn 1990 , p.

  • ↑ McCleary (2004), pp.
  • ↑ «1980: John Lennon shot dead». Consultado em 15 de março de 2019
  • ↑ Spitz (2005), p.

    322

  • ↑ Duarte, 1987
  • Ray O'Brien (2001). There are Places I'll Remember. ISBN 0-954-44730-1
  • ↑ a b The Compleat Beatles Video Documentary (1981)
  • ↑ Spitz (2005), p. 462
  • ↑ The Beatles Off The Record. ISBN 0-7119-7985-5
  • ↑ a b c Teran, Claudio.

    «The Beatles live at Shea Stadium (em português).

    Consultado em 11 de agosto de 2008. Arquivado do original em 16 de fevereiro de 2008

  • ↑ Coleman (1989), pp. 88–89
  • ↑ Schickel, Richard, Corliss, Richard (19-02-2007).

  • ↑ «The Beatles - Rarities». Consultado em 15 de março de 2019
  • ↑ SPITZ, Bob. 2008
  • ↑ Bruce Spizer (2004). The Beatles Are Coming! The Birth of Beatlemania in America. ISBN 0-9662649-9-1
  • ↑ Back, Paulo.

    «Beatles - Live At The Star Club». Consultado em 15 de março de 2019

  • ↑ Spitz (2005), p. «Morre aos 58 anos o ex-Beatle George Harrison».

    Consultado em 8 de março de 2008

  • ↑ sfgate. Com Brian Wilson finally finishes his 'teenage symphony to God
  • ↑ Ficher, P.

    East Street Publications, 70–71.

    The Ultimate Beatles Encyclopedia. ISBN 1-567-31403-1

  • ↑ Kozinn, Alan. " Critic's Notebook; They Came, They Sang, They Conquered". Acessado em 4 de junho de 2008.

  • ↑ a b c d e «The Beatles».

    Consultado em 8 de setembro de 2008 Por estar em território europeu, mesmo continente de origem dos Beatles, Portugal teve estreitas relações com os Beatles. Paul McCartney já desejou ter uma propriedade em território português, em 1989. [209 ] A casa é uma mansão do século XVII, com vista pro mar, e situada em uma estrada, um dos motivos pelos quais fez com que Paul desistisse da compra, pois sua privacidade estaria em jogo.

    [209 ] Em 9 de dezembro de 1987, McCartney concedeu a sua primeira entrevista a um jornalista português, na qual, entre outras coisas, relatou: "O que faço com o dinheiro? Ponho-o no banco… Não, faço imensas coisas: obras de beneficência, tenho uma família para sustentar, tenho a minha mulher e, como tu sabes, as mulheres gastam muito dinheiro!" [210 ]

  • Cynthia Lennon (2006). ISBN 0-340-89828-3
  • ↑ Straight Dope Staff Report: Why did the Beatles break up? The Straight Dope, Acesso: 1 de agosto 2008
  • ↑ Peter Guralnick, Careless Love: The Unmaking of Elvis Presley, p.

    420

  • George Harrison como compositor: Nos primeiros anos, Paul e John eram os únicos compositores da banda, enquanto Ringo e George desempenhavam suas funções como baterista e guitarrista, respectivamente. No entanto, de 1965 em diante, as composições de Harrison ganharam maturidade e tornaram-se mais atraentes em suas qualidades. [144 ] [145 ] Gradualmente os outros membros reconheciam seu talento como compositor, [146 ] mas cada vez mais George começou a se frustrar pelo fato de a maioria de suas ideias e canções ter como fim a rejeição.

    Isso gerou confusão e, consecutivamente, desavenças, principalmente entre Lennon e McCartney. [147 ]

  • ↑ a b Pareles, Jon (25 de fevereiro de 1987). «Now on Cd's, First 4 Beatles Albums».

    The New York Times (em inglês). Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Faixa de pedestres dos Estúdios Abbey Road vira patrimônio inglês
  • ↑ a b c d e Lentz, Guilherme. Consultado em 9 de junho de 2008. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2009
  • ↑ Miles (1998), pp.

    280–281

  • Ray Coleman (1989). Brian Epstein: The Man Who Made The Beatles. ISBN 0-670-81474-1
  • ↑ (em inglês) Ensaio de William Mann
  • ↑ NETO, 1968
  • ↑ a b c d e Abdo, Clara.

    «O Impacto da Era Beatles no Brasil.

    Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 6 de setembro de 2008

  • ↑ Hotten, Russell (4 de Outubro de 2012). The Beatles at 50: From Fab Four to fabulously wealthy. Acesso em 28 de Janeiro de 2013.

    457

  • ↑ a b c d e f g h i j k l m n Farias, Sergio. «1966: O ano em que tudo mudou. Consultado em 14 de agosto de 2008. Arquivado do original em 6 de outubro de 2008
  • Lista de músicos recordistas de vendas em Portugal
  • ↑ Rocha, Gabriel (17 de dezembro de 2018).

    «Os Beatles lançam "I Want To Hold Your Hand" nos Estados Unidos». Consultado em 13 de março de 2019

  • ↑ «Allmusic Rubber Soul review».

    Consultado em 14 de junho de 2007

  • ↑ Coutinho, Samuel (10 de outubro de 2011). «John Lennon: 10 coisas que você não sabia sobre o Beatle». Consultado em 8 de março de 2019
  • ↑ «Real Love».

    Consultado em 15 de março de 2019

  • Entrevista com Cleave, e a "Capa do Açougue": Em março, os Beatles foram convidados a uma entrevista com a jornalista Maureen Cleave, do jornal britânico "London Evening Standart". Nesta entrevista, John declarou com tom crítico a seguinte frase: "O cristianismo vai acabar. Vai se dissipar e depois sucumbir. Estou certo, e o tempo vai provar. Atualmente somos mais populares que Jesus Cristo".

    [98 ] A declaração não causou nenhuma polêmica na Inglaterra. Depois, a banda posou para uma sessão com o fotógrafo Bob Whitaker, que produziu fotos com matizes surrealistas. Uma dessas fotografias foi utilizada na capa do próximo álbum Yesterday and Today, que ficou cinco semanas em primeiro lugar vendendo um milhão e meio de discos [98 ] e só editado nos Estados Unidos, onde o quarteto está vestido com jalecos brancos e segura bonecas despedaçadas junto a pedaços de carne.

    O disco, referido frequentemente como "a capa do açougue" gerou polêmica nos Estados Unidos: algumas pessoas atribuíram à foto uma mensagem cifrada ou algo contra a Guerra do Vietnam, outros acharam que era uma crítica ao desmembramento dos álbuns originais dos Beatles na América. [98 ] [99 ] A Capitol recolheu os discos e substituiu as capas prensadas. [99 ]

  • ↑ a b c d e «5 guys who've been called the 'fifth Beatle '» (em inglês). Consultado em 8 de março de 2019
  • ↑ « "Beatles e Cirque du Soleil em DVD». Consultado em 27 de fevereiro de 2014
  • ↑ a b c «John Lennon Biografia».

    Consultado em 3 de agosto de 2008 [ligação inativa] Após estes problemas com a "capa do açougue", o grupo iniciou sua turnê mundial de 1966 por cinco países, entre eles Alemanha, Japão, Filipinas, Estados Unidos e Canadá. [k]

  • ↑ Arnaldo, João. Consultado em 15 de agosto de 2008
  • Peter Doggett - 2012 - A Batalha pela Alma dos Beatles - Editora Nossa Cultura - id = ISBN 9788580660951 - Artigo relacionado (Página visitada em 9 de janeiro de 2013)
  • ↑ MacDonald (2005), p
    . 223
  • ↑ Barry Miles: Paul McCartney: Many Years From Now, Owl Books, 1998
  • George Harrison (nascido George Harrison em Liverpool, 25 de fevereiro de 1943, e morto de câncer em Los Angeles, a 29 de novembro de 2001): compositor, guitarrista solo, cantor, tocava sitar e outros instrumentos da Índia, percussionista, tocava teclado e sintetizador, membro de 1958 a 1970.

    Harrison tornou-se célebre por introduzir a música indiana no rock and roll, e produziu canções que com o tempo tornaram-se muito famosas: While My Guitar Gently Weeps, Here Comes the Sun, a balada Something e outras. Na década de 1970, Harrison desenvolveu uma carreira solo de grande sucesso, lançando álbuns aclamados pelo público e pela crítica. [218 ]

  • ↑ a b c Peter McCabe: Apple to the Core: The Unmaking of The Beatles, Martin Brian e O'Keeffe Ltd, 1972
  • Ringo Starr (nascido Richard Starkey em Liverpool, 7 de julho de 1940, tornado Sir Richard Starkey quando condecorado com o OIB em 2018 [219 ]): baterista, percussionista, cantor, compositor (ocasionalmente), membro de 1962 a 1970.

    [219 ] Starr foi o último músico a entrar na banda. [219 ] Enquanto fazia parte do conjunto, ele compôs apenas duas canções: " Don't Pass Me By", para o Álbum Branco e " Octopus's Garden" para o álbum Abbey Road e mais quatro em co-autoria com os outros beatles (" What Goes On" do Rubber Soul, " Flying" do Magical Mystery Tour, " Maggie Mae" e " Dig It" do Let It Be). Depois de sair da banda, ainda nos anos 1970, construiu uma carreira solo de sucesso considerável.

    [219 ]

  • ↑ Davies (1985), p. " Cronologia Beatles: acompanhe como tudo aconteceu.

    [ligação inativa]" (30/11/2001 - 16h41).

  • Mark Lewisohn (1996).

    The Complete Beatles Chronicle. ISBN 1-85152-975-6

  • ↑ GazetaWeb. «10 de abril: O fim da banda The Beatles». Consultado em 10 de abril de 2010 [ligação inativa]
  • Dominic Pedler (2003). The Songwriting Secrets of The Beatles.

    ISBN 0-7119-8167-1

  • ↑ «The Beatles - Rock 'N' Roll Music». Consultado em 15 de março de 2019
  • ↑ Back, Paulo.

    «Beatles Discografia Brasileira». Consultado em 16 de março de 2019 Em janeiro de 1969, os Beatles iniciaram um projeto cinematográfico que documentaria a realização de sua próxima gravação, originalmente intitulado Get Back.

    [135 ] Durante as sessões de gravação, a banda realizou sua última apresentação ao vivo no último andar do edifício da Apple Corps, em Londres, na tarde fria de 30 de janeiro de 1969. [136 ] A maior parte da apresentação foi filmada e, posteriormente, incluída no filme Let It Be. [135 ] O concerto parou a rua inteira do prédio e, rapidamente, o lugar ficou lotado de pessoas; inclusive, os vizinhos da região logo espreitavam das sacadas o concerto.

    [136 ] Os Beatles tocaram até a polícia local interferir pedindo que abaixassem o volume dos instrumentos. [136 ] A apresentação terminou antes do previsto, e tornou-se famosa. Com o projeto Let It Be temporariamente suspenso, os Beatles gravaram seu penúltimo álbum, Abbey Road, no verão de 1969.

    [135 ] A conclusão da canção " I Want You (She's So Heavy)" para o álbum em 20 de agosto de 1969 foi a última vez que o quarteto reuniu-se no mesmo estúdio. [137 ]

  • ↑ Spitz (2005), p. 328 Citações no Wikiquote
  • ↑ a b «Há 47 anos, o clássico "All You Need Is Love", dos Beatles, chegava ao topo das paradas»
    . Consultado em 13 de março de 2019
  • ↑ Jovem Pam Fm.
  • ↑ Southall, Brian; Perry, Rupert (contribuidor) (2006).

    Northern Songs: The True Story of the Beatles Song Publishing Empire.

    Dentre as muitas referências culturais dos Beatles, até mesmo a faixa de pedestres em frente aos Estúdios Abbey Road, onde tiraram a foto usada na capa do álbum Abbey Road foi imortalizada, tornando-se patrimônio histórico oficial da Inglaterra. [195 ] Pioneirismo Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

  • ↑ «Larry King Demonstrates How Not To Interview The Beatles». Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ «Free As A Bird». Consultado em 6 de março de 2019
  • ↑ Connolly, Ray (7 de abril de 2007)
    . «Pete Best: The happiest Beatle of all».

    Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ Miles (1998), p. 396
  • Barry Miles (1998).

    ISBN 0-749-38658-4

  • ↑ a b c d de Almeida, Luis Pinheiro. «Letra de "Yesterday" foi escrita em Portugal. Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 24 de junho de 2008
  • ↑ Spitz (2005), p.

    625

  • ↑ Rogério Duprat em entrevista cedida a Fernando Rosa e Alexandre Matias. 17 de agosto de 2008
  • ↑ a b «Curiosidades e dados sobre With The Beatles». Consultado em 8 de junho de 2008 [ligação inativa]
  • ↑ «Gravadora lança DVD de show histórico dos Beatles em 1965».

    Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Silveira, Luciana. «Cavern Club, palco dos Beatles, comemora 50 anos».

    Consultado em 8 de março de 2008

  • ↑ Cleave, Maureen (1966). "How Does a Beatle Live? John Lennon Lives Like This". London Evening Standard 4 March 1966.

  • ↑ Unterberger 2009a.
  • ↑ "George Harrison Interview", Crawdaddy magazine, Fevereiro 1977
  • ↑ Miles (1997), p. 90
  • Lista de músicos recordistas de vendas
  • ↑ «Discos dos Beatles no Brasil». Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ Harry, 2000a, pp.

  • ↑ Andy Peebles and John Lennon: The Last Lennon Tapes, Dell, 1982 George Harrison, quando nos Beatles, tornou-se o primeiro músico a fundir instrumentos e, respectivamente, sons orientais com a música do rock; embora famoso, no entanto, este feito - demonstrado em " Norwegian Wood", onde há o uso da sitar (instrumento musical da família do alaúde e instrumento símbolo da música da Índia) - não foi o único que colocou a banda no patamar de pioneira. [196 ]
  • ↑ Fisher, Marc. Imagens e media no Commons
  • ↑ Spitz (2005), p.

    318

  • ↑ Matias, Alexandre (6 de março de 2017). Jimmie Nicol? A história do baterista que foi um beatle por 13 dias vai virar filme». Consultado em 8 de março de 2019
  • ↑ https://ultimateclassicrock. Com/chas-newby-plays-with-beatles-liverpool/
  • ↑ a b da Costa, Coimbra.

    Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 24 de junho de 2008

  • Ray Coleman (1984). Lennon: The Definitive Biography. ISBN 0-060-98608-5
  • ↑ a b Abdo, Clara. «O Impacto da Era Beatles no Brasil: Beatles na Tropicália. Consultado em 17 de agosto de 2008.

    Arquivado do original em 6 de setembro de 2008

  • ↑ Original Beatles digitally remastered
  • ↑ Spitz (2005), p. 459
  • ↑ Teran, Cláudio. Pop Go To The Beatles Arquivado em 14 de setembro de 2008, no Wayback Machine. " Apoteose, ineditismo, histórias e estórias no Shea Stadium, Showtime Arquivado em 8 de fevereiro de 2009, no Wayback Machine.

    A revista nacional Fatos e Fotos tinha empregado o jornalista Janos Lengyel que, em 1966, realizou a primeira entrevista dos Beatles para a imprensa brasileira. [202 ] Big Boy, como agora Newton Duarte era conhecido, começou a introduzir os Beatles nas rádios e a transmitir ao Jornal Hoje, da Rede Globo, informações sobre o quarteto: com a banda um tanto mais popularizada, a recepção brasileira assistiu seus ritmos tropicais sendo misturados com os ritmos que começavam a serem introduzidos do exterior. [202 ]

  • ↑ Terra Música.

    A Maior Humilhação dos Beatles.

  • ↑ Beatles in New Zealand. 85
  • ↑ a b Miles (1998), p. 397
  • ↑ Nagado, Alexandre (23 de novembro de 2000).

    «Óbvio, básico e imperdível: The Beatles 1»

    . Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ «The Beatles - A Hard Day's Night». Consultado em 13 de março de 2019 Sempre foi difícil ouvir Beatles nas rádios angolanas, em razão do inicial balanço comunista que República de Angola estava reforçando. Consultado em 8 de outubro de 2008.

    Arquivado do original em 31 de maio de 2008

  • ↑ Thurau, Jens (4 de abril de 2013). «Há 50 anos, a beatlemania começava sua invasão mundial | DW | 04. Consultado em 13 de março de 2019
  • ↑ Miles (1998), p.

    74

  • Paul McCartney (nascido James Paul McCartney em Liverpool, 18 de junho de 1942, tornado Sir James Paul McCartney quando condecorado com o OIB em 1997): compositor, multi-instrumentista, baixista, pianista, cantor, percussionista, guitarrista e baterista (na música Back in the USSR), membro de 1957 a 1970. McCartney é autor de músicas muito aclamadas dos Beatles. Desde a primeira música do primeiro disco Please Please Me, I Saw Her Standing There, passando por hinos históricos como Hey Jude, Let It Be, Eleanor Rigby, Yesterday, Penny Lane, entre outras, até a última música do último álbum dos Beatles, Let It Be, " Get Back", além de idealizar muitas criações conceituais da banda como o álbum Sgt.

    Peppers Lonely Hearts Club Band. Formou, com Lennon, a dupla mais celebrada do rock and roll, sendo atualmente considerado o maior artista vivo. [217 ]

  • ↑ Unterberger, Richie.

  • ↑ Matias, Alexandre (14 de agosto de 2007). «A Toot and a Snore in '74 – John Lennon & Paul McCartney».

    Consultado em 14 de março de 2019 [212 ] Contudo, a banda exerceu forte popularidade em Angola: " And I Love Her" e " Girl" foram as duas canções que mais podiam ser encontradas na indústria radiofônica angolana. Sem falar da influência que exerceu em algumas bandas angolanas de rock. [212 ] Integrantes

  • ↑ «Past Masters». Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ de Almeida, Luis Pinheiro. «Entrevista com o Paul McCartney em 1987. Consultado em 17 de agosto de 2008.

    Arquivado do original em 15 de setembro de 2008 Pessoas atravessam a calçada na rua Abbey Road. Os pedestres imitam as poses em que os Beatles aparecem na capa do LP "Abbey Road". Cenas como essas tornaram-se comuns e famosas devido ao álbum dos Beatles.

  • ↑ «The Beatles - Reel Music». Consultado em 15 de março de 2019
  • ↑ a b George Harrison: I Me Mine, Simon & Schuster, 1980
  • ↑ «Brian Wilson :: Official Web Site».

    Consultado em 1 de fevereiro de 2008. Arquivado do original em 25 de junho de 2008

  • ↑ «Em 04/04/1964: Beatles emplacam os cinco primeiros lugares da parada americana». Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ Roberts, Dave. " The Beatles Arquivado em 11 de outubro de 2008, no Wayback Machine. Livro-clipping Raul Seixas por ele mesmo, Martin Claret, (Edição ilustrada), 2007.
  • ↑ Philip Norman: Shout!: The Beatles in Their Generation (segunda edição), Fireside, 2003
  • ↑ Ribeiro, Márcio (18 de março de 2003).

    «A Gestação de Um Besouro - The Quarrymen».

    Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ «John Lennon é perdoado pelo Papa Bento XVI». Consultado em 17 de abril de 2011 A articulista Clara Abdo resume a influência dos Beatles na Tropicália dizendo que o sistema, "[…] como movimento que abrangia vários recursos externos para a formação de uma nova música brasileira, acarreta em sua formação ícones culturais de várias épocas.

    Entre eles, Carmen Miranda, Roberto Carlos, representando a Jovem Guarda, o escritor José de Alencar, o corte de cabelo e as vestimentas da contracultura hippie nos Estados Unidos e os Beatles

    . " [207 ] Na prática, a canção Senhor F, do grupo Os Mutantes, teve seu arranjo inspirado no álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band; a última faixa do disco lançado em 1968 pelos tropicalistas, "Ave Gencis Khan", modelou o estilo que Harrison tocava intrumentos orientais.

    [207 ]

  • ↑ a b Spitz (2005), p. 473
  • ↑ Harry (2000), p. Com/artists/exploring-eric-claptons-collaborations-george-harrison-and-beatles
  • ↑ a b Guttenberg, Steve (15 de setembro de 2009). «Don't buy the Beatles remasters, unless. Consultado em 16 de março de 2019 Não é que eu fiquei dando aula para eles [os músicos da Tropicália]; ao contrário, eu que aprendi pra burro com os Mutantes, com o Gil, com o Caetano, com todo mundo, como fazer uma coisa, que pode ser ao mesmo tempo com certa correção, com uma correção que a gente já conhecia, de músicos, e fazer isso, de uma coisa popular e avançada, uma coisa na frente dos Beatles. [208 ] Portugal
  • ↑ https://luciazanetti. Com/2012/02/29/os-bateristas-que-passaram-pelos-beatles/
  • ↑ Spitz (2005), pp. 4–5
  • ↑ Faylor, Chris (5 de março de 2009).

    «The Beatles: Rock Band Arrives on September 9». Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Mark Hertsgaard: A Day in the Life: The Music and Artistry of The Beatles (Reprint edition), Delta, 1996
  • ↑ Bates, Claire (9 de março de 2016)
    .

    «Who most earned the title 'fifth Beatle'?». Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ Lewis, Randy (8 de abril de 2009).

    «Beatles' catalog will be reissued Sept. Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 16 de março de 2019 O motivo do fim da banda ainda é muito discutido e pode ser descrito como uma série de eventos [142 ] que, resumidamente, os itens abaixo pretendem desenvolver. O sexto álbum da banda, Rubber Soul, lançado no começo de dezembro de 1965, foi recepcionado como um grande salto do grupo para a complexidade e maturidade em sua estrutura musical, [97 ] por conter em suas canções letras e melodias mais elaboradas.

    [98 ] O lançamento dos compactos " Day Tripper" e " We Can Work It Out" juntamente com o sexto álbum repetiram o sucesso grandioso que o grupo mantinha desde 1963: foram aos primeiros lugares nas paradas britânicas e americanas; segundo estimativas, venderam cinco milhões do álbum e quatro milhões do compacto. [98 ] Mudanças e controvérsias

  • ↑ «Morre Neil Aspinall, o verdadeiro "quinto Beatle "».

    Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ Toropov (2002) p37
  • ↑ Lennon (2006), p. 109 No início em que a banda causava um estrondo, e que o termo "beatlemania" já era lançada aos quatro ventos, a mídia brasileira os intitulou de "Reis do Iê iê iê", por causa da letra da canção " She Loves You". [202 ] A primeira aparição do grupo em território brasileiro foi pelo cinema, com A Hard Day's Night.

    [202 ] Passando pelos terríveis momentos da política a partir da implantação da ditadura militar, o Brasil via surgir, pouco a pouco, os Beatles em suas maiores cidades. Na mesma década, o carioca Newton Duarte, entusiasmado em músicas estrangeiras, passava por rádios do Rio de Janeiro levando discos piratas do quarteto, que adquiria com o americano Douglar Robert

    . [202 ]
  • ↑ Hessel, Marcelo (7 de junho de 2006).

    «Morre Billy Preston, o legítimo quinto Beatle». Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ Jan Wenner: Lennon Remembers: The Rolling Stone Interviews, Popular Library, 1971
  • ↑ Geoff Emerick & Howard Massey: Here, There and Everywhere: My Life Recording the Music of the Beatles, Gotham, 2006
  • ↑ a b c Nagado, Alexandre (29 de dezembro de 2003). Consultado em 14 de março de 2019
  • ↑ Spitz (2005), p.

    353

  • Hunter Davies (1985). ISBN 0-070-15463-5
  • ↑ a b Tessmann, Ramon (1 de agosto de 2017).

    «49 anos da música Hey Jude, sucesso dos Beatles». Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Beatles Home Page.

    Boatos da morte de Paul nos anos 1960

    . Acessado em 16 de agosto, 2008.
  • John Lennon (nascido John Winston Lennon em Liverpool, em 9 de outubro de 1940, tornando-se John Winston Ono Lennon quando casado com a artista plástica Yoko Ono em 1969.

    [213 ] Foi assassinado em Nova Iorque em 8 de dezembro de 1980): fundador do grupo e integrante dele de 1957 - quando ainda era o The Quarrymen - até 1970 (quando os integrantes se separaram antes da dissolução legal da justiça) [214 ], compositor, cantor, multi-instrumentista tocando piano, guitarra, gaita, instrumentos de percussão, teclados (como clavioline, cravo (instrumento), mellotron e órgão), baixo (ocasionalmente), violão, maracas, pandeiro (em canções dos álbuns Revolver e Magical Mystery Tour) e tape loops. [215 ] Compôs vários sucessos dos Beatles, inclusive a canção All You Need Is Love, apresentada na primeira transmissão por satélite ao vivo do mundo. [216 ]

  • ↑ a b de Almeida, Luis Pinheiro.

    «Paul quis comprar uma casa em Portugal.

    Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 27 de maio de 2008

  • ↑ Nagado, Alexandre (7 de dezembro de 2006). Consultado em 16 de março de 2019
  • Morte de Epstein: Brian Epstein foi indiscutivelmente o homem mais influente no lançamento e na promoção da popularidade do grupo no mundo inteiro. Por ser o empresário da banda, ele pôde manter o grupo reunido e mediar determinados conflitos que o quarteto viesse a desenvolver entre si, mantendo-se na postura de ser a última palavra, a última decisão.

    Quando morreu em 1967, deixou um vazio na banda. McCartney provavelmente sentiu a situação precária e procurou iniciar projetos que estimulassem a banda. Em última instância, a discórdia sobre liderança gerencial seria um dos fatores precipitantes para a banda se dissolver.

    [143 ]

  • ↑ «The Beatles Bible - Live: Washington Coliseum, Washington, DC». The Beatles Bible (em inglês).

    Consultado em 13 de março de 2019

  • ↑ Spitz (2005), p. 330 Ver também O concerto no Shea Stadium tornou-os pioneiros na produção e realização de apresentações em estádios a céu aberto. [199 ] Eles também participaram da primeira transmissão mundial via satélite cantando ao vivo " All You Need Is Love", no projeto Our World, de 1967.

    [116 ] Foram a primeira banda de rock a fazer carreira no cinema. Pepper's Lonely Hearts Club Band fez com que eles fossem os primeiros a gravarem em quatro canais.

    [200 ] Influência nos países lusófonos Brasil

  • ↑ Lu Walters' recording session Acessado: 29 de janeiro 2007
  • ↑ Guralnick, Careless Love, p.

    ISBN 0-316-80352-9

  • ↑ a b c de Almeida, Luis Pinheiro. «A canção portuguesa dos Beatles. Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2009
  • Mark Lewisohn (1992).

    The Complete Beatles Recording Sessions: The Official Story of the Abbey Road Years. ISBN 0-681-03189-1 Rogério Duprat, que se envolveu no movimento e desenvolveu carreira musical com grande parte dos artistas citados nessa sub-seção, relatou o seguinte em 2002:

  • ↑ History of Heavy Metal
  • ↑ «THE BEATLES GET BACK TO MONO - THE ORIGINAL MONO STUDIO ALBUMS REMASTERED AT ABBEY ROAD DIRECTLY FROM THE ANALOGUE MASTERS FOR VINYL RELEASE».

    Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Staff Writers, CNNMoney. Beatles' remastered box set, video game out. Acesso em 1 de Dezembro de 2011.

    Ligações externas Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:

  • ↑ Lewisohn, Mark (1988). The Beatles Recording Sessions.

    ISBN 0-517-57066-1

  • ↑ «The Beatles - The Beatles At The Hollywood Bowl». Consultado em 15 de março de 2019
  • ↑ Greenwald, Matthew.

    «Here Today - Paul McCartney | Song Info». Consultado em 15 de março de 2019

  • ↑ a b Runtagh, Jordan (20 de junho de 2016).

    «Inside Beatles' Bloody, Banned 'Butcher' Cover»

    . Consultado em 13 de março de 2019
  • ↑ a b Fernando Figueiredo Mello (24 de novembro de 2014).

    «Beatles lançam compacto "I Feel Fine" nos EUA». Consultado em 16 de março de 2019

  • ↑ Lennon (2006), p.

    65

  • ↑ Spitz (2005), pp. 188–193
  • ↑ «Carreira e Morte de George Harrison».

    Consultado em 8 de março de 2008

  • ↑ a b c d Bauer, Patricia (8 de fevereiro de 2019). «Ringo Starr | Biography, Music, & Facts» (em inglês).

    Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ RIAA 2009a.
  • ↑ a b c d e f Farias, Sérgio. «Stu Sutclife, o primeiro ex-beatle». Consultado em 8 de março de 2008. Arquivado do original em 25 de março de 2008
  • ↑ Spitz (2005), p.

    458

  • ↑ «Real Love». Consultado em 6 de março de 2019
  • ↑ a b c Almeira, Luís Pinheiro de
    . Pepper's Lonely Hearts Club Band Uma revolução que continua!».

    Consultado em 15 de agosto de 2008. Arquivado do original em 18 de agosto de 2008

  • ↑ Spitz (2005), p. 556 Alguns lançamentos dos Beatles, como seus álbuns, foram imitados por diversos artistas, inclusive brasileiros.

    Por exemplo, a capa do Abbey Road é muito parodiada por diversos lugares, desde capas de outras bandas, como fotos de usuários da Internet, que, em Londres, passam pelas faixas brancas imitando os Beatles, ou fazem montagens em cima do original. Na televisão americana, foram muitos os desenhos animados que se referiram aos Beatles, a maioria apresentando um tom cômico. Talvez o mais visível seja Os Simpsons, embora a banda tenha sido citada também em episódios do Bob Esponja e As Meninas Superpoderosas.

  • Férias, casamento e prêmios: Nos três primeiros meses de 1966 a banda tirou férias, após desistirem da ideia de lançar um novo filme em cima de A Talent For Loving, cujo roteiro seria de Richard Condon. [98 ] Nesses meses, tiveram encontros em festas com os músicos Mick Jagger e Brian Jones dos Rolling Stones, e compareceram na estreia do filme Alfie, cuja estrela era Jane Asher, namorada, na época, de Paul. [98 ] John e Ringo não compareceram ao casamento de George em 21 de janeiro porque viajavam para fins de semana no Caribe e na Suíça; George e a modelo Patricia Anne Boyd embarcaram para uma lua de mel em Barbados, nas Bahamas.

    [98 ] Enquanto isso, os Beatles obtiveram naquele ano dez indicações ao Grammy e, embora existissem restrições do regime político na Polônia, as canções da banda começavam a ingressar intensamente nas rádios daquele país. [98 ]

  • ↑ Miles (1998), p. 54
  • ↑ Coleman (1989), pp.

    93–94 A chegada dos Beatles na rádio é vista como um marco na música que sinaliza um fim à era do rock and roll da década de 1950: diretores de programas radiofônicos, como Rick Sklar da WABC (AM) de Nova Iorque, proibiam DJs de lançarem na programação qualquer música "pré-Beatle". [194 ]

  • ↑ a b Ribeiro, Márcio. «Quais as outras curiosidades sobre a capa, contracapa e encarte do Sgt. Consultado em 15 de agosto de 2008
  • ↑ Spitz (2005), pp.

    777–779

  • ↑ Sheff (2000) p153
  • ↑ "John Lennon and Yoko Ono Interview", Playboy, Janeiro 1981
  • ↑ a b c d e f g «Pete Best». Consultado em 8 de junho de 2008.

    Arquivado do original em 5 de abril de 2008

  • ↑ a b c Fonte:, BBC. Consultado em 15 de agosto de 2008
  • ↑ The Beatles (2000), p.

    68

  • ↑ Savage, Jon (20 de maio de 2018). «The fifth Beatle, Derek Taylor».

    Consultado em 8 de março de 2019

  • ↑ «24/01/1962: Brian Epstein assina contrato com os Beatles». Consultado em 8 de março de 2008
  • ↑ «Quem é Quem na Beatlemania Nacional».

    Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 4 de agosto de 2008

  • ↑ Montenegro, Gustavo.

    Arquivado em 16 de agosto de 2008, no Wayback Machine. Acessado: 15 de agosto de 2008.

  • ↑ Beatles Brasil Arquivado em 13 de setembro de 2008, no Wayback Machine. Beatles de A a Z Arquivado em 14 de setembro de 2008, no Wayback Machine.
  • ↑ Anthony Fawcett: John Lennon: One Day at a Time : A Personal Biography of the Seventies (Edição Revisada), Grove Pr.

    , 1980

  • ↑ «Ex-beatle George Harrison morre de câncer aos 58».

    Consultado em 16 de março de 2019 Nomes de brasileiros como Arnaldo Baptista, Belchior, Roupa Nova, Caetano Veloso, Carlos Drummond de Andrade, Cássia Eller, Erasmo Carlos, Fernanda Takai, Gilberto Gil, Lulu Santos, Mauricio de Sousa, Milton Nascimento, Paulo Leminski, Pedro Bial, Raul Seixas, Renato Russo, Serginho Groisman, Rita Lee, Ronnie Von, Zé Ramalho e muitos outros estão, de alguma forma, relacionados aos Beatles. [201 ]

  • ↑ "Paul McCartney: 'I Want to Live in Peace'", Life, 7 de novembro, 1969
  • Bob Spitz.

    ISBN 9788576352648

  • ↑ CNN. Com Elvis is still everywhere August 16
  • ↑ Ray Coleman: Lennon: The Definitive Biography 3ª edition, Pan Publications, 2000
  • ↑ «17/10/1962: Beatles se apresentam pela primeira vez na TV».

    Consultado em 8 de junho de 2008

  • ↑ Spitz (2005), pp. 318–319
  • ↑ a b c Lennon, Ze. «Tony Sheridan: Com ele, os Beatles gravaram pela primeira vez». Consultado em 8 de março de 2008. Arquivado do original em 24 de julho de 2008
  • Presley, Dylan e o "Somos mais populares que Jesus Cristo": A revista DateBook divulgava a entrevista que Lennon concedeu a Cleave destacando a frase "Somos mais populares que Jesus".

    [103 ] Fundamentalistas cristãos se indignaram com a frase de Lennon e protestaram. Uma rádio em Birmingham, Alabama, organizou um boicote a execução das canções dos Beatles, e um ato em que os discos da banda foram queimados publicamente em uma fogueira. Rapidamente diversas estações de rádio americanas recusavam-se a tocar canções dos Beatles em suas programações e, na África do Sul, houve o banimento de canções do grupo em suas estações de rádio por cinco anos.

    Houve inclusive a manifestação do Papa Paulo VI e do governo fascista de Francisco Franco, da Espanha, que criticaram a postura de Lennon. [104 ] John depois pediu desculpas publicamente pela afirmação e foi perdoado pelo papa Bento XVI em 2008. [105 ] [106 ]

  • ↑ Miles (1998), pp.

    293-295

  • ↑ a b c «Há 40 anos, Beatles sofriam sua maior humilhação». Consultado em 14 de agosto de 2008 Com " Twist and Shout", " Can't Buy Me Love", " She Loves You", " I Want To Hold Your Hand" e " Please Please Me", tornaram-se iniciantes em ocupar os primeiros cinco lugares no topo norte-americano, em 4 de abril de 1964.

    [197 ] A canção " Hey Jude" se tornou a mais longa a entrar nas paradas britânicas, com 7:11 de duração [198 ] (para a canção ser tocada em algumas rádios, a mesma teve que ser cortada [198 ]). A primeira distorção de violão divulgada em gravação foi em " I Feel Fine". [181 ]

  • ↑ Rezende, Sidney.

    «John Lennon é perdoado pelo Papa Bento XVI». Consultado em 17 de abril de 2011

  • ↑ Spitz (2005), p.

    557

  • ↑ « "Ha 50 anos morria stuart sutcliffe o legitimo quinto beatle». Consultado em 27 de fevereiro de 2014
  • ↑ James Button (2 de junho de 2007).

    «Sergeant Pepper's wild trip» (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2009 Enquanto os Beatles faziam sucesso nos Estados Unidos e na Inglaterra, o Brasil passava pelo Golpe militar de 1964, que mudou a concepção do país.

    Embora tenha sido empregado no país uma política controlada e censurada, o Brasil não estancou, nem cultural ou economicamente e foi nessa época que a música do Brasil desenvolveu-se com intensidade. [203 ] Em 1967, nasce um movimento no país, tendo como precursores Caetano Veloso e Gilberto Gil, denominado Tropicália, que possuía o intuito de modificação cultural. [204 ] Apoiando-se na ideia da antropofagia promovida pelo modernista Oswald de Andrade, a Tropicália começou a popularizar a guitarra e o rock and roll no Brasil, sob forte influência dos Beatles.

    [205 ] Antes do movimento, o baiano Raul Seixas foi o pioneiro do rock brasileiro, feito que lhe conferiu o título de "pai do rock brasileiro"; Seixas frequentemente citava Lennon, que era um de seus maiores ídolos, ao lado de Elvis Presley. [206 ]

  • ↑ Robert, Doctor (19 de janeiro de 2013). «Helter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos Beatles – parte 1». Consultado em 16 de março de 2019
  • ↑ Abdo, Clara.

    «O Impacto da Era Beatles no Brasil: Tropicália.

    Consultado em 17 de agosto de 2008

    . Arquivado do original em 6 de setembro de 2008
  • ↑ Whiplash! 29/12/1963: A Rádio WMCA transmite pela primeira vez nos EUA uma canção dos Beatles.